Toninho Cecílio elogia gestão do XV e projeta recuperação no Paulistão

Toninho Cecílio - XV - 01Anunciado oficialmente pela diretoria há três dias para ocupar o lugar que antes era de Roque Júnior, Cecílio falou à reportagem sobre as exigências do novo projeto.

 "É muito melhor você participar da montagem, ter um trabalho desde o início, mas ninguém troca de treinador estando bem. Você tem que estar preparado para assumir trabalhos que apresentam essa dificuldade, com uma pressão extrema e não podendo perder jogos. Pegar um time no meio do trabalho, que em termos de classificação não está tão bem, exige muito do profissional e te faz crescer na profissão. Precisa saber lidar com a pressão e ser motivador com o grupo", avaliou.

"Me atrai pelo time e pelo projeto da diretoria. Eles têm uma gestão muito correta. O XV está com tudo em dia, tem alimentação, centro de treinamento, a estrutura é muito boa. O time apresenta condições de reagir, tem material humano para isso. Se isso vai acontecer, aí já depende do trabalho a ser desenvolvido por nós. O Paulista é um campeonato muito competitivo, gosto muito de trabalhar nele", falou Toninho, que alcançou as semifinais à frente do Grêmio Prudente em 2012.

Ao falar sobre sua última experiência no Criciúma, quando acumulou cinco derrotas e apenas dois empates, lamentou não ter conseguido impedir o descenso da equipe à Segunda Divisão, mas elogiou o ambiente do clube e o grupo de jogadores.

"Cheguei ao Criciúma com uma exigência muito grande e vi a possibilidade de recuperar o time. Infelizmente, tínhamos uma tabela complicada e perdemos três jogos seguidos contra os três primeiros colocados. Acabei não conseguindo reagir com o time, mas os atletas tentaram. Gostaria de ter ficado lá até, gostei bastante da relação dos jogadores comigo, além de ser um clube muito bom para se trabalhar", comentou.

Aproveitando a exposição que ganhou como gerente de futebol do Palmeiras entre 2007 e o início de 2010, Toninho Cecílio resolveu se tornar exclusivamente treinador ao assumir o Grêmio Prudente. Depois, passou por clubes como Fortaleza, Guaratinguetá, Vitória, São Caetano, Avaí, Paraná e Comercial, além do Criciúma. Apesar da ficha extensa, o técnico disse que não teve muitas propostas durante as férias.

"Eu tive poucas propostas. A maioria das equipes já estavam com treinadores e em pré-temporada. No início do Estadual os dirigentes começaram a se movimentar, começou a haver uma troca em número maior. O mercado estava começando a aquecer", falou o novo comandante do XV, que já tem compromisso marcado para domingo, quando a equipe piracicabana recebe o Botafogo em jogo válido pela sétima rodada do Paulistão.

Fonte: ESPN

Você está aqui: Home Notícias Toninho Cecílio elogia gestão do XV e projeta recuperação no Paulistão